Loading...

Translate

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Tão perto e tão longe


O tempo passa diante dos meus olhos
Os mesmos vagam e clamam refúgio
Crepusculo de uma mente veemente
Estou cansado de ser apenas a diversão para a carne
Minha alma está só
Perto do fogo e longe do amor






Warner Araújo.
outono de 2007

Nenhum comentário:

Postar um comentário